,

Câmara arma votação em meio a tragédia de Chapecó para forçar mudanças

004

O Promotor de Justiça de São Paulo, Roberto Livianu, utilizou o twitter para manifestar sua indignação pelo fato de a Câmara manter a votação das 10 medidas, mesmo sendo decretado o luto oficial.

Oficialmente a sessão deveria estar suspensa pelo fato de o presidente ter decretado luto oficial porém alguns parlamentares até cogitaram que seria melhor votar agora para evitar tumulto na Casa.

005

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *