,

O homem que vai derrubar o PMDB do poder. Acendeu a luz vermelha no partido

009

Nascido e criado em Catolé do Rocha até os doze anos, quando foi encaminhado pelos pais ao Rio de Janeiro[1] para estudar e se formar em Direito em 1980 pela Faculdade de Direito na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realizou o mestrado em Direito (LL.M.) pela University of Illinois – College of Law, no ano de 1987.

De 1982 a 2006 foi membro do Ministério Público do Estado de São Paulo. De 1983 a 1984 foi promotor de justiça titular em Bananal, Santa Isabel e Santo André, e da capital paulista de 1984 a 1994, quando foi promovido ao cargo de procurador de justiça.

Desde 1995 é professor-visitante da Faculdade de Direito da Universidade do Texas, onde leciona Direito ambiental. É professor da Universidade Católica de Brasília.

Herman Benjamin é o Corregedor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que está com a responsabilidade de ouvir os depoimentos que definirão o rumo da chapa Dilma/Temer. A celeridade com que os trabalhos estão avançando deixaram o PMDB com sinal vermelho ligado.

O Corregedor do TSE já afirmou em outros momentos que o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff não livra o atual presidente Michel Temer de um possível afastamento, caso a chapa seja condenada.

Herman Benjamin agendou para a próxima semana os depoimentos de Edinho Silva, Paes Landim e Giles Azevedo, arrolados pela defesa no processo no TSE contra a chapa Dilma Rousseff/Michel Temer.

O PMDB que se cuide. A delação de Marcelo Odebrecht será a gota d’água para a cassação da chapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *