,

O mundo está livre das escórias da democracia e passará por uma reciclagem

001

Hillary, Dilma e Kirchner todas de esquerda mas muito economicamente-neoliberal inclinando-se àqueles mais para a esquerda, assumiram posturas que desenharam administrações problemáticas e tomaram decisões fatídicas que inspiraram desastres econômicos históricos. As consequências para EUA, Brasil e Argentina são quase irreversíveis e custaram vidas de milhares de pessoas.

A vitória de Trump livrou os Estados Unidos da América do maior desastre administrativo que a nação poderia conceber. God Bless of América! Hillary estaria cercada de antigos ex-presidentes cuja marca maior foi a ampliação do Estado com políticas assistencialistas.

Cristina Kirchner foi um hecatombe de incompetência quando esteve no comando da Argentina. O país viu a inflação galopar para a casa de dois digítos, desemprego em alta e a competitividade despencar.

Dilma Rousseff foi o maior equívoco produzido por um sistema democrático. Nenhum outro sistema foi capaz de produzir um desastre administrativo na esfera pública como fez Dilma. O Brasil atolou numa crise econômica cujo tamanho ainda em 2016 é desconhecido.

A vitória de Trump foi um lavar a alma e um sinal de que a América poderá retomar sua capacidade de dar ao mundo novas inspirações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *