,

Parlamentar quer dar poder ao Exército para combater o MST e demais guerrilhas urbanas

015

O Movimento dos Sem Terra e seus aliados são considerados por diversos deputados federais como um braço de mobilização de cunho político-partidário ligado ao Partido dos Trabalhadores e outras siglas do comunismo. Integrantes do MST já participaram de protestos violentos com fechamento de rodovias e invasões de terras produtivas.

O representante da FPA (Frente Parlamentar da Agropecuária) deputado federal Marcos Montes (PSD/MG), em reunião com o presidente Michel Temer, quer sugerir mudança na Constituição Federal para permitir ao Exército a possibilidade de atuação contra o MST, o MTST e outros pseudos movimentos sociais com objetivo de promover a paz e a estabilidade.

“Não sou eu e nem os produtores rurais os responsáveis por combater esses desordeiros e entrar em luta armada contra eles. Vou sugerir ao Michel Temer que avalie mudanças no sentido de promover a paz e a segurança de quem trabalha no campo”, disse Montes.

O parlamentar ainda quer apoio da sociedade para levar seu projeto adiante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *