,

Polícia do Senado era treinada contra as leis do próprio Estado… e com dinheiro público

014

Dois dos policiais do Senado presos hoje — Geraldo Cesar de Deus e Antonio Tavares dos Santos Neto — foram aos Estados Unidos para um “treinamento contra medidas de vigilância externa”.

A viagem custou aos cofres públicos mais de R$ 48 mil em diárias entre 30 de outubro e 22 de novembro de 2015.

Na prática, o governo utilizou o dinheiro do Estado para treinar um pessoal para defende-los das leis do próprio Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *