,

Policiais estão sendo executados na porta de casa, em São Paulo

007

Na noite de terça-feira, a soldado da PM (Polícia Militar) Juliana Rodrigues das Neves, que desenvolvia suas funções na 3ª Companhia do 6º Batalhão em São Caetano, foi executada quando chegava em casa no Jardim Miriam, bairro da Zona Sul da Capital Paulista.

A soldado foi abordada por um criminoso armado por volta das 20h no momento em que abria a portão da garagem para guardar seu veículo, um Ônix branco. Juliana levou dois tiros na cabeça. Após efetuar os disparos, o atirador roubou a arma da policial, uma pistola ponto 40. Ele fugiu a pé por uma viela e ao alcançar a rua atrás da casa da militar, ele roubou um carro e desapareceu sem deixar pistas.

Investigações preliminares indicam que a policial pode ter sido executada. O caso foi registrado no 98º DP (Distrito Policial) de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *