,

Programa “Bolsa Família” não tem controle e pode acabar definitivamente

017

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes afirmou nesta nesta-feira que o País precisa combater a “compra de votos”.

“Se nós temos uma ampla concessão de Bolsa Família sem os pressupostos e sem a devida verificação, isso pode ser uma forma de captação de sufrágio que nós, no eleitoral, não conseguimos abarcar”, afirmou, de acordo com a Folha de S.Paulo.

“Com o Bolsa Família, generalizado, querem um modelo de fidelização que pode levar à eternização no poder. A compra de voto agora é institucionalizada (com o programa)”, continuou, segundo o Estadão.

As declarações do ministro foram feitas no seminário Soluções para Expansão da Infraestrutura no Brasil, promovido pela Câmara Americana de Comércio Brasil-Estados Unidos (Acmham) e pela Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *