,

Renan Calheiros seria preso em flagrante. Por que não foi?

015

A Polícia Federal quando esteve no Senado Federal para realizar a prisão de vários integrantes da Polícia Legislativa na verdade buscava o principal alvo, o chefe de todos eles, o senador Renan Calheiros.

Renan Calheiros é o chefe maior da Polícia Legislativa e certamente sabia do serviço de contrainteligência que estava sendo prestado pela Polícia Legislativa aos senadores alvos da Operação Lava Jato.

O que livrou Renan Calheiros de um grande flagrante que o derrubaria de uma vez do mandato e selaria seu destino junto ao ex-deputado Eduardo Cunha nas carceragens da PF, em Curitiba, foi o foro privilegiado.

A PF não pode realizar a prisão do senador em razão da própria autoridade e proteção que o povo lhe conferiu através do voto e a lei assegurou. Renan só pode ser preso por determinação do Supremo Tribunal Federal ou da Procuradoria Geral da República.

Renan Calheiros é o maior interessado e articulador da Lei de Abuso de Autoridade que vai penalizar severamente quem utilizar do cargo para punir políticos corruptos.

A operação realizada no Senado Federal servirá como argumento para fortalecer a ideia de que a Polícia Federal e o Ministério Público Federal abusaram de seus poderes quando decidiram investigar e adentrar ao Senado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *