,

Senadores (se é que são senadores) utilizavam da Polícia Legislativa para fins pessoais

007

As investidas secretas dos “capangas” do Senado, denunciadas pelo policial legislativo Paulo Igor Bosco Silva, foram confirmadas por seu colega Carlos André Alfama, em depoimento à PF.

Em 2015, ele recebeu ordem para fazer uma varredura para Edison Lobão e seus familiares, no Maranhão e em Brasília, e que se recusou a cumprir.

Ele disse:

“Ainda como chefe do serviço jurídico à época, eu informei aos colegas e ao diretor que eram medidas ilegais por serem medidas destinadas não ao interesse público, não à proteção da atividade parlamentar, mas sim a embaraçar uma investigação feita por órgãos oficiais do estado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *