,

Teori presta serviço ao PT três vezes em apenas uma semana. Compartilha, Brasil!

008

O ministro Teori ‘Da Conspiração’ Zavascki, do STF, que fatiou a Lava Jato e eximiu Lula de dizer a verdade em depoimento à operação, ajudou o PT mais três vezes nesta agitada semana de outubro e já pode pedir música ao Fantástico.

Eis o resumo dos serviços prestados.

1) Terça-feira (13):

Concedeu liminar ao deputado lulista não eleito Wadih Damous (PT-RJ), impedindo a manobra regimental que poderia levar o pedido de impeachment de Dilma Rousseff ao plenário da Câmara, caso o presidente da Casa, Eduardo Cunha, o rejeitasse.

2) Quinta-feira (15):

Autorizou à noite, com uma sede de justiça impressionante, a abertura do novo inquérito contra Eduardo Cunha por causa das contas secretas que mantinha na Suíça, tendo recebido o pedido de investigação encaminhado por Rodrigo Janot apenas poucas horas antes, à tarde.

3) Sexta-feira (16):

Mandou soltar Alexandrino Alencar, o homem acusado de distribuir a propina da Odebrecht e pagar as contas do “caixeiro-viajante” Lula, seu companheiro de lobby no exterior.

Parabéns, Teori.

Vai ganhar do PT o prêmio de ‘funcionário do mês’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *